Cursos Belo Horizonte: e-mail para helenacompagno@hotmail.com ou acesse na janelinha à direita

17 de dezembro de 2012

Donas de Casa Anônimas (não tão anônimas)

Hoje eu não vou falar dos paninhos, vou falar de mim. Vou falar, por exemplo, que fui escolhida para escrever um texto no blog Donas de Casa Anônimas, porque eu gosto de ser dona de casa. Lá eu falo que uma dona de casa pode se tornar independente financeiramente sem precisar sair de casa. Falo do meu trabalho, incentivando outras donas de casa a sair do anonimato.

E por falar em dona de casa, hoje fiz uma comidinha tão rápida, saudável, barata e gostosa, mesmo estando atolada em serviço, mesmo atendendo uma aluna a cada duas horas, pois tudo é organização, praticidade. Sou contra ficar horas na cozinha, horas no tanque, horas no ferro. Quero estar horas fazendo nada, horas conversando, horas lendo, horas passeando, horas costurando...

Escolho um dia na semana para fazer compras de geladeira (isso inclui verduras, legumes e carnes). Já saio de casa com o cardápio em mãos para a semana, pois só compro aquilo que determinei fazer na semana. Agindo dessa forma você economiza muito. Chego e já vou direto para a cozinha. Lavo as verduras de saladas, escorro e deixo num recipiente plástico, com tampa, na geladeira. 
Processo os temperos porque gosto de usar tempero feito em casa, natural, sem conservante. Processo alho e cebola suficientes para uns 5 dias.
Depois tempero as carnes. Coloco uma gota de óleo na panela de fundo lardo, selo a carne de um lado e outro. Transfiro para outro recipiente em plástico e levo à geladeira - com elas farei bifes que vou cortando aos poucos e grelhando apenas na hora de servir, como fazem em alguns restaurantes de carnes. Costumo comprar uma quantidade suficiente que dê para umas duas refeições, onde alterno com outras carnes. Se compro carne moída, refogo e guardo. Na hora de servir dou apenas uma reformulada, incluindo outros temperos - com isso prolongo a sua validade. Separo alguns legumes - suficientes para duas ou mais feições e cozinho no vapor - reservo também em recipientes e levo à geladeira. Com isso já se passou uma hora e já tenho refeições suficientes para vários dias. Lavo algumas frutas, seco e guardo em recipientes. Não sei em sua casa, mas na minha só comem frutas se estão lavadas, prontinhas para serem comidas. Os sucos são preparados na hora porque gosto de usar polpas congeladas ou limonadas. Espremer laranjas? não faço mais isso, pois cansei de carregar peso, pagar caro, espremer e no final constatar que estavam todas secas - uma dúzia de laranjas = 1 copo de suco. Sacanagem.

Faço tudo com medidas para que o arroz não fique papento, o café fraco... Para não ficar contando quantas medidas de arroz e água, fiz assim: de uma só vez encho esse "copo" de garrafa pet com a quantidade de xícaras de arroz que uso em casa preparo + outro "copo" com o dobro da água. Medi e cortei no tamanho certo. Um "copo" de arroz e outro de água, vapt-vupt e os ingredientes já estão na panela.
Geralmente utilizo a panela elétrica  que faz o arroz e cozinha os legumes ao mesmo tempo que tomo banho. Eu adoro esses japoneses que inventam tudo para a minha vida ficar mais fácil! Eu adoro japonês. Em São Paulo tem tantos, aqui não vejo nenhum! Por que será?

Hoje utilizei um bacalhau dessalgado que estava reservado na geladeira. Aprendi a dessalgar na panela de pressão com a Rosa. Na hora de servir, coloquei meia colher de manteiga na panela, uma xícara (café) de azeite e duas cebolas fatiadas. Refoguei a cebola, acrescentei um copo de leite, dissolvido em uma colher (sopa) de maizena. Cozinhei por uns 10 minutinhos para tirar o gosto da maizena e acrescentei o bacalhau. Transferi para porções individuais, polvilhado com bastante queijo parmesão. Na hora de servir esquentei no micro-ondas, rapidinho. E almocei assim:
E querem aprender mais com a Rosa, espia isso aqui: Delícias da Rosa, que já vou incluir o peixe na minha próxima lista de compras semanais. 

E olhe aí um guardanapo da época que ainda não dominava os cantos mitrados! fiz desfiadinho nas beiradas. Mas eu não disse que hoje não falaria dos paninhos?






12 comentários:

  1. OI MINHA NOVA AMIGA DA BLOGOSFERA!!QUE BOAS DICAS DE UMA DONA DE CASA!!EU TAMBÉM SOU DONA DE CASA, TRABALHO A TARDE COMO PROFESSORA,MAS NO RESTANTE DO DIA...24 HORAS...SOU UMA FELIZ DONA DE CASA COMO VC!!AMEI SEU GUARDANAPO XADREZ!!BJS!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o blog ,vc está de parabens por ensinar as outras o que sabe, e cuidar ainda da familia, eu cuido da minha casa e dos meus filhos e trabalho como Desing de Interiores, na horas vagas eu costuro almofadas e cortinas pra minha casa acho o máximo , mais não sou profissional sou curiosa e gosto de aprender, se você morasse peto eu teria uma ula com vc. parabénssss...


    visita meu blog, vai ser um prazer

    Cláudia Muniz
    casascomdetalhes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Helena,

    Não estou tendo muito tempo na internet, mas abro o Facebook e minha caixinha de e-mails, todos os dias de manhã, antes de sair pra trabalhar. Hoje, ao entrar no Facebook, vi a publicação da Fanpage Donas de Casas Anônimas. Claro, reconheci logo aquela loira linda e chique. Fui lá conferir e li sua entrevista. Adorei te ver por lá e compartilhei na minha página.A entrevista ficou muito bacana. Parabéns!

    Concordo com você sobre o post acima. Eu perco muitas horas em tudo, mas poucos minutos nas tarefas domésticas. Sempre usei métodos parecidos com esses para facilitar o meu dia. Aqui, aprendi muito mais sobre isso. O povo não perde tempo fazendo comida e arrumando casa. Eles são práticos demais.
    Depois vou conhecer a Rosa e aprender mais dicas.

    Estou separando meus retalhos, tecidos, material de costura, e ajeitando um cantinho especial pra voltar ao meu aprendizado.

    Amei esse post! Volto antes do Natal. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nossa, Helena! O teu almoço tava digno de uma foto maior... Adorei o colorido da cenoura em contraste com o verdinho do brócolis, a cebolinha hasteada como bandeira de delícia sobre o arroz bem ajeitadinho no canto, ao lado da fumegante tigela de bacalhau... Aposto e ganho que tava tudo melhor do que eu faria! Ai, como eu adoraria ser assim organizada! A única coisa que eu faço é processar temperos - de resto, sou pura e irremediável bagunça... Parabéns, obrigada pela inspiração e pela generosa menção ao meu blog (de novo!). Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Maravilha! Mesmo como eu gosto. Poderíamos conceber uma série com o nome DONAS DE CASA NADA DESESPERADAS. Sou tua fã, menina, és meu espelho. Tens, contudo, um imperdoável defeito: estás tão longe!
    1000 beijos

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Helena, você é muito prática, lhe admiro muito. Sempre estou de olho no seu blog você é um grande exemplo para mim.Sempre cheia de energia e boas idéias.
    Beijos.
    Suzy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzy, que coisa gostosa saber que sou exemplo para alguém. Faço tudo com muito entusiasmo. Quando não dava aulas ficava o dia inteiro cuidando da casa e boa parte do tempo costurando para mim, minhas filhas e para a minha casa porque essas atividades me davam muito prazer. Agora continuo fazendo o mesmo e ganhando dinheiro! Adoro.
      Beijos,

      Excluir
  7. Olá Helena!!
    Que postagem magnifíca, meu sonho é ser dona de casa e trabalhar em casa apenas com meus artesanatos, espero alcançar esse sonho!!
    Amei as dicas para otimizar o tempo na cozinha e a receitinha de bacalhau com certeza irei fazer, agora vou conhecer o blog da Rosa!!
    Um feliz natal para você e sua família!!
    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Acabo de virar dona de casa por inteiro,rsrsrs (dei entrada na aposentadoria). Finalmente vou fazer o que mais gosto, curtir minha família,brincar de casinha,brincar de passear com maridinho, brincar de ver vitrine, brincar de sair em trio com as filhotas e rir muito com o que aprontamos... brincar sem hora marcada. Chega da escravidão do relógio.
    Também sou ligeira nos afazeres domésticos e já tenho um esquema na cabeça que faz com que a coisa flua tranquilamente. Consigo receber para o jantar sendo avisada com pouquíssimo tempo de antecedência, mas se não for avisada tbém não tem problema, improviso muito bem...
    Fiquei curiosa com o dessalgar o bacalhau na pressão (vou bisbilhotar a Rosa,rsrs), mesmo fazendo raramente bacalhau já que as filhotas não curtem e fazer só pra dois (marido e eu) acabo desistindo é muito bom saber, pois só faço em quantidade maior aproveitando momento que recebo visitas, aí dá trabalho, já que faço pratos variados para agradar a gregos e troianos.
    Cruzes Helena, isso está virando postagem e não comentário,rsrsrs Fui...
    Bjks

    ResponderExcluir
  9. oi vim conhecer seu blog,lindos trabalhos,venha conhecer o meu,estarei aguardando.Sou sua seguidora,se gostar, me siga tb,bjs Tania Mara
    www.fuxikitosecia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Helena, tudo bem?
    Me inscrevi em um curso básico de costura (uma pena que não poderei fazê-lo com você! Moro em Jundiaí/SP) e por isso resolvi dar uma pesquisada em blogs sobre o tema. Foi então que achei o seu lindo blog. Fiquei horas por aqui e já me tornei uma seguidora! Parabéns pelo seu trabalho. Você tem mãos de ouro!
    Eu sempre brinquei que tinha duas mãos esquerdas já que nunca tive dotes para pintura, bordado ou costura. Mas agora, aos 36 anos, resolvi que era hora de mudar esse paradigma. E só aprendendo para saber fazer, né?
    Sou jornalista de formação, mas pretendo - em breve - me dedicar mais aos meus filhos e acredito que a costura pode me ajudar nisso.
    Olha, esse seu post bem que poderia fazer parte do meu blog que dá dicas para donas de casas (hehe). Se quiser me fazer uma visitinha vou adorar! (dicasdacandinha.blogspot.com.br)
    Beijos e até breve já que estarei aqui sempre (rs)

    ResponderExcluir

Se não conseguiu deixar um comentário, envie um e-mail:
helenacompagno@hotmail.com