Cursos Belo Horizonte: e-mail para helenacompagno@hotmail.com ou acesse na janelinha à direita

2 de agosto de 2013

E por que não?


Lembram daquela aluna que já falei AQUI, que virou minha professora e que virou amiga? Agora virou empresária! Sim, empresária!!!! iniciou um negócio de confecções de enxovais dentro da sua própria casa. Quando iniciou as aulas já sabia costurar; comigo aprendeu a confeccionar lençóis com elásticos, fronhas com abas largas... mas aquelas aulas foram só o começo, porque depois ela criou seus próprios modelos, inovou, arregaçou as mangas, enfrentou desafios, correu atrás. Ela e o marido, Daniel, estão animadíssimos nessa nova jornada. Quem sabe assim você, que me lê agora, não possa também iniciar um negócio, produzindo alguma coisa como faz a Lígia, como eu e como tantas outras sem precisar sair de casa? As encomendas da Lígia geralmente vêm através do boca-a-boca porque ela faz um trabalho bonito, com capricho, é responsável, atenciosa, comprometida e, acima de tudo, acredita nela.

Abaixo, um trecho do que a Lígia, a empresária, me escreveu:

".... Nossa Helena, tá muito bom. O Daniel tá animado, acabou de sair pra fazer entrega dos 6 jogos de solteiro que produzi. Tenho lista com ordem de prioridade de produção. O controle dele é fantástico. Tem tudo planilhado, custos, produção, encomendas, pagamentos, recebimentos, etc.... Ele cuida das vendas, atendimento ao cliente e do dindim e eu fico na criação e produção. Tenho feito coisas lindas que até fico boba, me superando dia a dia. Vou mandar as fotos pra você ver.

Agora, quando assisto filme ou novela, fico de olho nas camas do povo - só penso em cama! (hehehe). 

Devo muito a você Helena, pois contigo consegui o que eu queria, que era costurar com convicção, sabendo o que estava fazendo, e com a certeza de um ótimo resultado. Se continuar do jeito que tá, estamos tranquilos, trabalhando em casa, ganhando o suficiente pra viver bem e em paz..."

Não quero dizer com isso que você deva fazer um curso de costuras aqui comigo como fez a Lígia e tantas outras, faça o que você sabe, o que você gosta. E se for com costuras, também não precisa frequentar meu curso, compre uma máquina doméstica, de fácil manuseio (indico Janome 2008), leia o manual com atenção, busque vídeos na internet (há muitos), vá treinando, vá observando. Comece com o simples, o muito simples, como por exemplo colocar barradinhos em pano de prato. E se quiser avançar mais e não tem condições de pagar um curso de costuras, ofereça algo em troca para alguma costureira do bairro que possa lhe dar alguma ajuda. Ofereça sempre uma recompensa - não espere favor. Conheço uma pessoa que aprendeu a costurar faxinando a casa da costureira uma vez por semana! Essa mesma pessoa ia lá preparar o almoço. E por que não? Eu adoraria trocar coisas assim!

Não foi fácil para a Lígia, não foi para mim e para tantas outras sair do conforto. O começo possa ser difícil, algumas pessoas possam lhe desanimar, dizendo que isso não compensa, que dá trabalho. Seja o que for que faça, faça bem, com responsabilidade. Dá trabalho, mas vale a pena!

Obs: estarei ausente por duas semanas fazendo companhia à minha filha na casinha nova. Há muito para organizar, há muito para ensinar como cuidar da casa, da comida, da roupa. Quero estar junto. Quero acompanhar. E enquanto agendo as aulas, respondo e-mails, lavo roupa, estendo, organizo, preparo comida também abasteço o freezer para a filha que fica!
E não é que dá? trabalhar em casa, ganhar dinheiro enquanto cozinha o feijão?

18 comentários:

  1. Helena, olá!
    Vc sempre me ensina com seus posts...
    Obrigada por suas palavras...
    Às vezes me sinto perdida, confusa... mas é preciso persistir, caminhar com firmeza...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Ola Helena!
    Trabalhar em casa e um sonho que almejo, passo mais de 12h todos os dias longe de casa.
    Imagino q a responsabilidade e enorme, mas como a Ligia disse, e uma paz trabalhar em casa, ainda mais com o que ama.
    Adorei o post super motivador!!
    Bjss
    totalmentecorderosa.com.br

    ResponderExcluir
  3. Helena, descobri seu blog há uns 4 meses, sempre entro pra ler seus posts! Vc é uma mulher valorosa, quero ser assim! Moro no ABC Paulista, e comecei a costurar sozinha, fiz curso, sou doida por modelagem mas, como minha agenda era meio lotada por ter uma filha pequenininha que ainda não ía a escola, meus projetos de costura foram adiados, mas, segunda-feira eu começo a costurar novamente (a caçula vai para a escola)! Vou usar seu blog como inspiração!!! um abraço, felicidades para sua filha que vem estudar aqui em SP (imagino seu coração de mãe, saudades da filhota!).
    um abraço
    Cristiane

    ResponderExcluir
  4. Muito legal a historia da Lígia deve ser muito recompensador para vc historias assim
    Ai esse é o meu sonho dourado trabalhar em cas em com costura. Esses posts sempre me dão esperança
    um bjo obrigado por compartilhar

    ResponderExcluir
  5. Que post inspirador. Linda história! Fiquei muiiito animada e não tem nada mais gostoso do que ter uma cama linda e bela a nossa espera.

    ResponderExcluir
  6. Helena, querida, que recompensa saber que alguém
    que ajudamos meteu mãos há obra e cresceu, a professora também conta, é boa de certeza,
    parabéns, obrigada pela sua visita e eu pensei
    que tivesse só uma menina, são duas, o dobro das
    alegrias, bom fim de semana beijo

    ResponderExcluir
  7. Nossa Helena... parece que você advinha pensamentos...hehehe... eu havia comentado na sexta passada com minha amiga Josy do blog "Se virando com a costura" que gostaria de dar aulas de costuras para iniciantes, mas não sabia se dava retorno. Ela também costura e está pensando no assunto, daí ela procurou e encontrou esse post seu e me enviou. Achei que é a resposta para nossas perguntas. Bacana não é? Tem muita gente que gostaria de costurar e não tem ideia por onde começar... não que sejamos, ela e eu, "expert" em costuras, mas temos consciência que um trabalho bem feito, criatividade e com bom acabamento faz toda a diferença. Temos ainda muitas dúvidas... por exemplo: como divulgar, como selecionar as alunas ... pois também temos nosso cantinho da costura dentro de nossas casas e ficamos receosas se não é perigoso... você nos entende? Se puder, responda aqui mesmo... pois estamos frequentemente visitando seu blog. Um grande abraço!!! Claudia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cláudia, demorei mais estou aqui. Bem, pediu que respondesse aqui:
      Olha, acho uma ótima coisa esse negócio de dar aulas, principalmente porque não preciso sair da minha casa, onde gosto tanto de ficar e preciso ficar para gerenciar a casa, filhos e marido. Eu amo dar aulas. Costuro há muito tempo, mas sempre sem compromisso. Todos os meus presentes sempre foram costuras que dava às amigas e família e sempre todo mundo dizia que gostaria tanto de aber costurar e daí essa ideia foi amadurecendo. Quando vim morar em BH me sentia muito sozinha, morava em um condomínio de classe média (quase alta) e eu me sentia a verdadeira amélia, sozinha cuidando do meu jardim, costurando as coisas para a minha casa, fazendo bolo... queria uma amiga para compartilhar essas coisas que eu tanto gostava e daí resolvi criar o blog só para ter amigas com os mesmos interesses. No mesmo dia que criei o blog eu mudei para um apartamento bem grande, já na cidade. Empolgada com a nova casa, transformei uma sala num ateliê e soltei (sem pensar) para uma vizinha que eu ia ensinar a costurar! Ela indicou uma amiga, mas essa amiga só dava "bolo" e resolvi anunciar no blog. Nossa, choveu aluna para tudo o que é canto (e é assim até hoje). Claro que é arriscado abrir a nossa casa para estranhos, pois os primeiros contato é através do blog (e-mail). Graças a Deus até hoje só tive gente do bem. Vez ou outra aparece uma pessoa meio esquisita, meio briguenta, mas eu sinto logo no primeiro encontro - e gente assim não leva essa arte para frente, pois noto que só pessoas sensíveis gostam dessa arte. Pode notar, toda costureira é gente do bem! O blog é um ótimo veículo para divulgação, mas o que vai lhe dar continuidade mesmo é o respeito que tem com o outro, ser cuidadoso, atencioso, estar sempre na hora marcada, passar segurança. Treine bastante, mesmo que para isso tenha que dar algumas aulas de graça. Eu dei algumas para a minha faxineira só para treinar! Faça uma seleção de coisas que você gosta e sabe bem fazer, faça moldes, meça a quantidade de tecido que vai precisar. Anote tudo, faça um planejamento começando a ensinar a manejar a máquina, a treinar costura reta. Crie um trabalhinho simples para dar nos primeiros dias e vai evoluindo.Sinta-se como se estivesse costurando com uma amiga, uma irmã. Eu me sinto muito à vontade com minhas alunas porque todas são bacanas. Às vezes sinto que o que elas precisam mais é de companhias, demoram muito nas costuras, falam de suas vidas, seus problemas. Isso aproxima, dá confiança. Se precisar de mais dicas, me mande um e-mail.
      Beijos

      Excluir
    2. Muito obrigada Helena... seu depoimento ajudou muito... obrigada pela gentileza e também pela generosidade. Um abraço, Claudia.

      Excluir
    3. Helena obrigada pela atenção. Eu concordo plenamente com vc. Cheiro da Josy.

      Excluir
  8. Ola me apresento mi chamo Kaire sou de sao paulo mas moro na italia,lindissimo e seu blog,tres anos atraz comecei por brincadeira a costurar coisinhas e dar de presente,ai minha cunhada falou porque nao vende ai comecei vender so que peecebi que minhas coisas vendo muito barato vejo em outros blogs ou sites que por esmplo um meu porta travessa vendo por 10 euros as outra vendem por 18 ou vinte,tenhomedo de aumentar e nao conseguir vender mais tenho umas 5 clientes que compram em natal e pasqua mas gostaria de ampliar mais porque agora meu maridoitaliano estsa doente e desenpregado pode me dar um conselho como posso me desecalhar,tenho um blog,se chama (cosettefatteamano) e so escrever assimno google que apareçe tudo o que sei faser aprendi com a iternet,amo muito esse trabalho mas as veses me sinto desanimada e sem coragem,pode visitar meu blog e dar uma ajuda coloquei um post que estou de ferias mas so porque estou desanimada nao estou de ferias aqui nao posso sair de ferias.te agradeço do fundo do coraçao esprero uma resposta Kaire.

    ResponderExcluir
  9. Olá Helena,

    Adorei o depoimento da Lígia, me motivou muiiito mesmo pois eu também tenho esse desejo de trabalhar para mim, em casa, fazendo o que eu gosto ( e como gosto de costurar viu,rsrsr). Até já adquiri duas máquinas, mas estou ainda no planejamento, e confesso que ás vezes ainda sinto um pouco de medo na verdade... deixar o emprego onde recebo um bom salário ?? fico pensando, será que vou conseguir ganhar igual?? eu sei que, na verdade, costura é uma fonte de muito ganho, principalmente se houver capricho e dedicação como a Lígia, como você e tantas outras que conseguem obter sucesso... acho que me falta mesmo é um pouquinho mais de coragem, mas eu vou conseguir, ainda mais lendo outros depoimentos como este que são bem capazes de nos motivar.

    Bjss no coração !!!
    Ah !! e sucesso pra sua filhota viu !! bjss pra ela também, rsrs

    ResponderExcluir
  10. Oi Helena, saudades....
    Cheguei sabado do Rio.Fiquei 21 dias de babá da netinha de 1 ano.Este sal é receita de minha vó, faço desde que me casei. Se preparar naquela quantidade que coloquei, e colocando um pouco mais de 1k sal ele fique sequinho.Fora da geladeira se estiver seco garanto com certeza que dura 12 meses. Umido fora da geladeira uns 90 dias. Qualquer duvida estou aqui. beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá, boa tarde ...
    Eu sempre tive vontade de aprender a costurar. Mas aqui na minha cidade as costureiras que temos não estão muito dispostas a ensinar o que sabem. Mas não vou me desanimar, se Deus quiser vou aprender... :D

    Achei o seu blog muito lindo, criativo e útil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí Marcia, não desanime não.
      Beijos,

      Excluir
  12. Helena,
    Sempre visito seu blog , nem preciso falar que adoro suas costuras e que acho que você tem um bom gosto incrível, enfim...
    Mas uma coisa que sempre reparo e que me deixa admirada é o quanto você é organizada!
    Sou organizada (pelo menos me considerava assim), mas depois que comecei a fazer minhas costuras em casa minha vida deu um nó kkk... ainda não consegui me organizar com horários, tem dia que o jantar sai ás 7 da noite, outros ás 10 e outros vai um lanche mesmo rsrs. Mas um dia chego lá!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Oi, li alguns posts do seu blog e achei muito interessante,com certeza você tem potencial, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, sei que será um grande blog pois é de fácil entendimento e o conteúdo é gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciana, fiquei surpresa que passo a impressão de só querer falar e ser ouvida na blogosfera! Tenho o blog para divulgar o meu curso de costuras. Tento manter o blog o mais atualizado possível em consideração a quem procura o curso para saber mais. Adoraria ter mais tempo para poder me interagir com outras blogueiras, mas meu dia é super corrido porque, além das aulas que dou em tempo integral, cuido da minha casa e família. Portanto, não fique chateada caso eu não apareça muitas vezes em seu blog, viu? Não se preocupe em seguir o meu blog só porque sigo o seu. Seja livre, siga e comente o que preferir, o que gostar.
      Beijos

      Excluir

Se não conseguiu deixar um comentário, envie um e-mail:
helenacompagno@hotmail.com