Cursos Belo Horizonte: e-mail para helenacompagno@hotmail.com ou acesse na janelinha à direita

11 de agosto de 2017

A lua e eu

No céu uma lua gorda e risonha me convidou para sentar no terraço, olhar as estrelas e sonhar. 

A noite estava quente - um veranico dentro do inverno. A luz da lua refletia nas plantas, criando sombras. Sou apaixonada por esse cenário, por essa luz tênue, por esse quase cheiro de lua cheia. 

Fiquei ali por muito tempo, apreciando a lua, ouvindo os ruídos distantes de gentes, de bichos e de carros. Tão bom estar a sós comigo mesma, pensar na vida; ter olhos para saber olhar, coração para amar e agradecer a Deus pelo trabalho que faço com tanto amor e entusiasmo, levando alegrias e esperanças a tantas mulheres que diziam se sentir um zero à esquerda dentro de seus lares. Se para algumas o objetivo não é aumentar a renda familiar, costurar coisas úteis para a casa aumenta a auto estima. É tão prazeroso sentar e apreciar: "fui eu que fiz!"

E foi então que veio a ideia de criar um clima para as noites enluaradas. Fiz cortinas para o terraço 
Serve como inspiração para vocês criarem espaços festivos para quem tem um quintal, uma varanda nos fundos, debaixo de uma pérgola, num dossel para a cama, um cenário para uma cerimônia religiosa em casa, ou mesmo uma cortina para janelas. 

Mas as minhas não são cortinas que vão cobrir janelas, pois o espaço é aberto e vou usar só de vez em quando - fiz de maneira bem prática para por e retirar com facilidade. Comprei 16 metros de voil cristal. Cada metro tem 3 de largura. Pedi ao vendedor para dividir os 16 metros em 4 partes para facilitar a minha confecção. Portanto, cada cortina ficou com 4 metros de largura por 3 de altura porque inverti (os 3 metros de largura foram usadas na altura e os 4 na largura). Mas 4 metros de largura em cada cortina? Sim, o voil é levinho, se por menos fica muito "desmilinguido.

Passei ponto ziz-zag nas laterais e barras para não desfiar. Na parte de cima dobrei em 6 cm, formando um "túnel" para passar o varão. O custo dos 16 metros? Apenas R$ 111,00 e ainda podia dividir em até 4 vezes no cartão. Os varões já estavam instalados fazia tempos, mas esses são baratos e qualquer loja que vende cortina tem à venda. 

Voil é um tecido que escorrega muito, difícil cortar certinho
Daí dobrei em várias partes, marquei e cortei na base de corte com o cortador, pois notei que 4 metros ficaria muito comprida, já que não faria barra. 
O ambiente fica acolhedor, joga-se algumas almofadas, acende velas, sirva um vinho pro seu amado...
"... quando olho no espelho, estou ficando velho e acabado..." (Cassiano Ricando em A Lua e Eu")
Mas nunca, jamais perco o dom de sonhar, mesmo que seja o última romântica.

Um comentário:

  1. Tenho uma varanda nos fundos em estilo rústico, mas já estou imaginando com essas cortinas no verão.
    Beijos

    ResponderExcluir

Se não conseguiu deixar um comentário, envie um e-mail:
helenacompagno@hotmail.com