Cursos Belo Horizonte: e-mail para helenacompagno@hotmail.com ou acesse na janelinha à direita

21 de dezembro de 2016

Cortina para a casinha paulista

Já em São Paulo cuidando da filha e da casinha paulista. Quando cheguei chovia, ventava e fazia frio. Levo sempre uma pashmina que é leve, macia, de lã fininha e bem comprida. Foi o que me salvou até chegar em casa.
 
Um dia faz sol, outro chove, faz calor... outro esfria. É assim que eu gosto. Já usei bota, casaco, guarda-chuva e sombrinha. Cada dia faço uma coisa (ou várias). Meu espírito inquieto e criativo não descansa. Estou sempre procurando alguma coisa para fazer.
Hoje fiz cortinhas para a sala. Desde que nos mudamos de São Paulo o apartamento ficou alugado. Agora que o inquilino saiu, minha filha se mudou para cá, embora bem mais distante da faculdade. Arranquei o insulfilm das janelas que alguém instalou e não removeu. Não gosto. Arranquei puxando com força. Os vidros ficaram grudentos de cola. Estou, aos poucos, removendo a cola. Eu gosto de tudo claro, mas com cortinas leves, de fácil manutenção. Fiz essa de uma maneira absurdamente fácil. Não pesquisei, fiz da minha cabeça. Comprei 11 metros de voil (usei 10.68). Cada metro com 3 de larg. Usei duas alturas e fiz dupla, ou seja, 5.34,mt para cada lado dobradas ao meio, de modo que cada parte teve 2,67 na frente e 2,67 no forro - a medida do pé direito. A costura ficou na parte do varão, escondida dentro da sanca de gesso. Não foi preciso fazer barra, pois o forro é a continuidade da parte da frente. Achei mais fácil fazer o forro do mesmo tecido, pois o voil é um tecido barato (paguei R$ 8,90 o metro. Total: R$ 97,90. O varão eu já tinha. 

Não fiz passo a passo, mas olhando as fotos dá para entender como fiz. Isto é, se você tem uma certa noção de costuras e medidas.

Aqui o varão simples já instalado. As fotos estão péssimas porque tirei no celular e não sei regular muito bem.
 Aqui a cortina já pendurada. Na verdade ela fica estendida em cima do varão. A costura fica em cima do varão.
 Aqui a barra. Nas laterais ficam as ourelas, sem tirar. A cortina é bem volumosa e não se percebe as ourelas. 
Vejam melhor como dá um bom caimento, sem barra. Adorei essa descoberta. É uma cortina para quebrar um galho. Futuramente vou mandar fazer com pessoa especializada. Acho difícil fazer cortina. Os panos são todos molengas e finos. 
Posso amarrar as duas partes...
Ou deixar solta, quebrando a luz
 E aqui a minha filha, orgulhosa da mamãe.
Trabalhei o dia inteiro; costurei, pintei vaso, lavei louças... Marido chega na sexta e que quero deixar tudo organizado para passarmos o Natal juntos. Gosto de vir na frente, sozinha, ficar um tempo sem a cachorra, sem a bagunça da filha caçula. Gosto de estar sozinha, mas não gosto de ser sozinha.
Até o final das férias ainda quero dar um jeito nessas paredes sem graça e peladas.
 A filha admirando. Tudo o que eu faço ela acha lindo, diferente da açula que só balança a cabeça e diz: "nada a ver". Eu vejo. Vejo uma pessoa feliz, animada, valorizando os pequenos feitios, as pequenas coisas, como uma cortina nova, um vasinho recém pintado.
Essa sou eu!


5 comentários:

  1. Por muito simples que seja uma cortina dá sempre um conforto e uma alegria a qualquer espaço. Sou fã de cortinas. Obrigada pela partilha e por todas as que nos dá a honra de partilhar connosco, porque são lindas. Tenha um abençoado Natal!

    ResponderExcluir
  2. Helena, tudo o que você faz, faz bem! Costura, mas poderia perfeitamente construir casas. Artista, é o que você é.
    Nunca fiz, nunca vou fazer cortinas, mas acabei de vestir as janelas de uma sala que ficou linda. Não levou bainha (barra) porque no próprio tecido existe um fio metálico incorporado que dá muito bom caimento.
    Um dia fotografo e mostro.
    Estás linda, muito gira, cheia de classe.
    Tem um muito feliz Natal, minha amiga querida.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Carinho de mãe é tudo, não é? quando vou visitar minhas filhas também não paro, faço de tudo, invento. Mas nem sempre elas apreciam! hahaha. As vezes estranham e só mais tarde aceitam. Adorei sua frase: Gosto de estar sozinha, mas não gosto de ser sozinha. Só completamente assim. Adoro um tempo só para mim e aproveito muito esses momentos, quando surgem. Um grande beijo, a cortina está linda e a casa, um mimo. Felizes festas para a família!

    ResponderExcluir
  4. "Nada a ver" é ótimo! (morri de rir!)

    ResponderExcluir
  5. Pelo que entendi dessa cortina ela só é costurada em uma parte, E isso mesmo. Já amei deve ser muito facil pra lavar, sem argolas, sem puxadores.
    Para limpar as colas do seu vidro sabe aquele óleo WD40? são ótimos pra retirar essas colar vc passa e esfrega com um paninho ou bombril. Pronto já saiu.

    ResponderExcluir

Se não conseguiu deixar um comentário, envie um e-mail:
helenacompagno@hotmail.com