Cursos Belo Horizonte: e-mail para helenacompagno@hotmail.com ou acesse na janelinha à direita

28 de junho de 2017

Desabafo

Amanhã, quinta-feira, será o meu último dia de trabalho. Último dia do semestre! Na sexta-feira já estou de férias. 

Um dia inteiro para organizar a casa para os que ficam, pois vou na frente passar uns dias com a filha mais velha, organizar a casa. Marido, filha caçula e a cachorra vão depois, de carro. 

Faço compras, faço comidas, congelo pizzas, preparo caldos... Abasteço o armário de material de limpeza, pois não quero ser incomoda com a faxineira ligando para dizer que não limpou os azulejos porque não tinha Veja. Mas vejam só: duas casas, duas famílias e uma única mãe!

Ah, férias... Como era bom sair em férias quando trabalhava fora de casa, solteira, sem filhos. Eu e o marido (namorado na ocasião), planejávamos férias longas, só nós dois, sair cedinho de carro, pegar estrada - muitas das vezes sem saber que rumo tomar. Íamos felizes, sonhando com o dia que estaríamos viajando com nossos filhinhos lindos, sentadinhos no banco de trás do carro. Tudo era lindo e poético, qualquer lugar, um amor, uma cabana...

Hoje somos mais seletivos. Alugar casa para temporada nem pensar, viajar de carro é cansativo, hotéis só os mais estrelados. Malas: uma cheia e outra vazia para cada filho...

Depois quando as filhas ainda eram pequenas a viagem tinha que ser planejada com mais critério: praia só com o mar mansinho, de preferência que tivesse um rio de água doce para o banho após o mar. A mala das meninas era cuidadosamente arrumada. Sempre precisavam de tudo. Sobrava um lugarzinho, bem no cantinho da mala para por as minhas coisinhas... E eu era tão feliz... Pouca coisa me bastava.

Hoje comecei a preparar a minha mala. Continuo deixando apenas um cantinho para as minhas coisinhas. Tenho que levar coisas da casa daqui que faltam na casa de lá: panos de prato, toalhas de banho, roupas novas para as camas...

E os aventais? Será que vou precisar? Devo levá-los?

Ah, a mãe não sai de férias, apenas muda seu lugar de trabalho!

5 comentários:

  1. Amei Helena, kkk
    É bem assim mesmo.
    Hoje meus filhos cresceram, nossos "horários" não combinam mais, esses dias estava olhando as fotos da nossa última férias juntos, já fazem três anos, e foi bem assim...na minha mala tudo pra casa, mais equipamentos de primeiros socorros, e cada filho e sobrinho com a sua mala, que nunca cabe nada da mãe/tia, kkk
    Grande beijo e uma ótima viajem pra vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jack, descobri que ser mãe não é ter vida própria! Nem mala própria!!! Mas somos felizes, né? Beijos

      Excluir
  2. Helena, é isso mesmo. Ser mãe é ocupação para toda a vida e, com o tempo, tende a piorar em termos de preocupação e responsabilidade.
    Boas férias.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Já regressou?
    Correu bem?
    Eu continuo ouvindo brocas e martelos. Mas vai acabar. Sei que sim. Espero que sim.
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Se não conseguiu deixar um comentário, envie um e-mail:
helenacompagno@hotmail.com